Canal da Saúde
   
 
 
 
 
Not?cia - Carnaval: o que comer antes e durante pra ter mais pique BOA FORMA
Carnaval: o que comer antes e durante pra ter mais pique

O Carnaval é um período de excessos e é importante estar preparada. A folia, associado ao álcool, consome muita energia. Por isso você deve manter uma boa hidratação e se alimentar adequadamente. Mas o que comer antes e durante o Carnaval? Fomos perguntar a duas especialistas:

Antes do feriado: consuma alimentos para desinchar

Componentes como a curcumina, presente no açafrão, ou flavonoides, presentes no alecrim, possuem um efeitos antioxidante e anti-inflamatório, que irão auxiliar na destoxificação hepática — fazendo o seu fígado funcionar direitinho e, portanto, potencializando o efeito detox do seu cardápio. Nesse período, vale caprichar nas frutas, verduras, legumes e alimentos integrais. Eles são cheios de vitaminas e minerais essenciais para o nosso corpo.

É preciso também dar mais atenção aos orgânicos. “São livres de agrotóxicos, substâncias que prejudicam diretamente a capacidade do fígado. Ingira ingredientes que são capazes de neutralizar a inflamação”, explica a nutricionista Luciana Sarmento, do Espaço Stella Torreão, no Rio de Janeiro.

De acordo com ela, invista em:

- Frutas vermelhas como mirtilo, framboesa, amora, açaí natural, romã;

- Ômega-3, encontrada em peixes de águas frias e profundas. Ou em algumas sementes como linhaça e chia;

- Oleaginosas: nozes, amêndoas, macadâmia, castanha-do-pará. Elas possuem em sua composição ácidos graxos poli-insaturados, vitaminas e minerais que atuam como anti-inflamatórios;

- Gengibre: tem ação anti-inflamatória e é até comparado a alguns medicamentos próprios para isso. Fica uma delícia em sucos, saladas, chá ou molhos;

- Cúrcuma: é rica em curcumina, e combina com alimentos prontos como arroz, carnes e purês. Se preparada com pimenta preta, fornece mais compostos bioativos;

- Suco de uva integral: rico em resveratrol, que possui também uma importante ação antioxidante, auxiliando na neutralização dos radicais livres;

- Frutas e verduras: são ricas em quercetina, um potente anti-inflamatório e antioxidante encontrado principalmente na casca e sementes desses alimentos;

- Farelo de aveia: além de rico em fibras, dá energia. Contém beta-glucanas, que auxiliam na manutenção da saúde intestinal e têm efeito anti-inflamatório;

- Tomate: rico em licopeno, tem sua absorção potencializada após o aquecimento e na presença de gordura. Por isso, muitos médicos recomendam que seu consumo seja feito na forma de molho e preparado com azeite.

Atenção! Evite tudo o que causa gases e desconforto gástrico antes da folia (feijão, repolho) ou que tenha ação laxativa. Ninguém merece passar sufoco no meio do bloquinho, não é mesmo?

Durante o feriado: energize-se!

O uso abusivo do álcool e o calor excessivo podem levar à desidratação, além de outros perigos como: intoxicação alcoólica, vômitos e até desmaios. E a gente sabe que, nesse período, costumamos ficar muito cansadas, mas não queremos parar. É aí que entra o papel da alimentação: se feita corretamente, dá para ter energia e curtir todas as festas.

Os alimentos da semana do Carnaval devem ser leves para não gerar a sensação de estômago pesado. Mas nutritivos o suficiente para garantir saciedade. “Proteínas leves (como o peixe, frango, ovos, queijos magros, iogurtes e leites vegetais) são ótimas opções”, diz Luciana Sarmento.

E nada de ficar fazendo pequenos lanchinhos ao longo do dia: é preciso pelo menos uma refeição completa. Além das proteínas, lembre-se de colocar no prato uma fonte de gorduras boas (azeite, óleo de coco, abacate) e carboidratos complexos (arroz integral, mandioca ou batata-doce). Estes últimos são digeridos mais lentamente pelo organismo, evitando picos de açúcar no sangue e dando o gás necessário.

Se você quiser tomar uns drinks, tudo bem, ninguém é de ferro. Mas não esqueça de beber água. “A garrafinha de água fresca é tão indispensável quanto os brilhos e paetês. Se for consumir álcool, intercale com doses generosas do líquido. E beba com moderação, já que o álcool é um dos principais fatores que causam inchaço, desidratação e pressão alterada — reações do corpo que se agravam ainda mais com o calor”, alerta a nutricionista Valentina Slaviero, parceira da Fit Food.

A festa vai durar o dia inteiro? Leve uns lanchinhos para comer no meio do caminho. Além de serem importantes para alguma emergência, eles também vão fazer com que você evite comer qualquer fritura em qualquer esquina. “Boas pedidas são snacks de grãos e castanhas, que oferecem saciedade e são fáceis de consumir na rua; além de chips de grãos e vegetais ou frutas secas, como coco, banana e abacaxi”, diz Valentina Slaviero.